Clube de Xadrez de Blumenau

Fundado em 09 de março de 1917
Declarado de Utilidade Pública pelo Estado de Santa Catarina Dec. Lei número 3897 de 26 de setembro de 1966
e pelo Município de Blumenau Lei nro 1469 de 27 de dezembro de 1967 CGC 82.666.850/0001-98






Colunas
Antonio Bambino Filho
Heidy Almeida


Estratégia x Tática


Bom dia meus caros colegas! Antes de tudo gostaria de pedir desculpas pela demora na atualização da coluna, passando por um período de mudanças. Agora mais calmo tentarei escrever pelo menos um artigo por semana.

Pois então, preparei para hoje o que eu considero a separação básica para o estudo do xadrez, Tática e Estratégia.

Bem, talvez alguns jogadores ainda não familiarizados com os termos, estejam pensando mas não é a mesma coisa?

Então vamos la, começamos pelas definições literais, depois as definições enxadrísticas.

Estratégia, segundo Mintzberg, trata-se da forma de pensar no futuro, integrada no processo decisório, com base em um procedimento formalizado e articulador de resultados.

A palavra vem do grego antigo stratègós (de stratos, "exército", e ago, "liderança" ou "comando" tendo significado inicialmente "a arte do general") e designava o comandante militar, à época de democracia ateniense. O idioma grego apresenta diversas variações, como strategicós, ou próprio do general chefe; stratégema, ou estratagema, ardil de guerra; stratiá, ou expedição militar; stráutema, ou exército em campanha; stratégion, ou tenda do general, dentre outras.

Tática, Arte de combinar a ação de tropas, ou os recursos característicos das diferentes armas, a fim de obter o máximo de eficácia no combate: tática de infantaria; tática naval; tática aérea.

Bem notamos alguma diferença? Alguma semelhança? Poderíamos ter diversas definições de tática e de estratégia, onde íamos notar diferenças e semelhanças e uma iria se misturar a outra até que se completem é o que de fato acontece, porém são coisas distintas. Entenderam? Vamos esclarecer.

De fato ambos os termos tem surgimento nos combates de guerra, tal combate que nosso jogo representa. Não vamos entrar em detalhes mais longos, vamos apenas tentar entender que, estratégia esta relacionado com arte de guerra do general, ou seja um plano, tem base em um procedimento formalizado, ou seja conhecido, coerente, um caminho já percorrido.

A tática, inclusive no xadrez, já começa definido sua diferença, é a arte combinatória, uma seqüência lógica e forçada, é a batalha de campo, uma frase que gosto muito e que não vem de nenhum enxadrista, nem conhecido nem anônimo, diz A tática arruína a estratégia; a batalha que se ganhara harmoniosamente no papel perde-se em pequenas coisas no terreno. (Paul Valéry). O que em muitos casos acontece no xadrez, mas não se engane, não da de dizer o que é mais importante tática ou estratégia, como falado antes, elas acabam de uma forma ou de outra se misturando tanto na vida quanto no xadrez.

Não esta entendendo ainda? Não se preocupe, talvez até aqui, muita coisa que foi dita é desconhecida até mesmo de colegas nxadristas muito fortes, ou sem exagero nenhum de mestres, eles estudaram o que é cada um no tabuleiro e não seu significado. Mas nada como um contexto histórico para fixar melhor determinados vocabulários novos.

Para quem ainda não ficou claro a diferença, ai vai um exemplo da diferença.

Imagine-se saindo de casa, você faz um plano, um roteiro, tenho que ir na escola na padaria e no mercado, preciso pegar o boletim do meu filho, comprar o pão na padaria o queijo e presunto no mercado para seu sanduiche do café da tarde. Bem, temos um plano, a seguir, baseado nas nossas necessidades do dia, o que vai acontecer depois que sairmos de casa, não se sabe. Esta é a parte da estratégia, o que queremos, onde queremos chegar, baseado nas informações que já conhecemos. Agora vamos a tática, ao sair de casa, você prefere a bicicleta ao carro, já que teve um acidente e o transito ficou parado até a escola, no meio do caminho você descobre que a escola só vai abrir as duas da tarde e ainda são uma e trinta, então decide ir a padaria primeiro, na padaria você encontra a sua irmã pede a ela para ir ao mercado comprar o queijo e o presunto enquanto você passa na escola para pegar seu boletim, ou seja com esta combinação você chega em casa antes do previsto, executou seu plano, porem com combinações diferentes da que imaginava no inicio e comeu seu sanduiche =).

Então, no xadrez, esta diferença é exatamente a mesma, existe os temas estratégicos, ou seja os planos a ser seguidos a longo prazo, e os temas táticos, que é a arte combinatória no xadrez. Nos próximos artigos, irei fragmentá-los e estudar individualmente. Antes disso, no como estudar xadrez II iremos conversar de como montar um plano de treinamento.

Grato a todos, espero que tenham gostado e até a próxima.


Heidy José Moreira de Almeida joga xadrez há mais de 15 anos, dos quais 10 destes é professor. Formado em Educação Física, começou no xadrez, como muitos dos grandes talentos de Blumenau, através do projeto Ceval de Xadrez nas Escolas, quando estudava no CAIC. Atualmente faz parte da equipe de Jogos Abertos da cidade e é um dos maiores responsáveis pelo surgimento de grandes talentos em escolas públicas de Blumenau.